Artigo: SAÚDE E DIREITO À INFORMAÇÃO: O PROBLEMA DOS AGROTÓXICOS NOS ALIMENTOS

agrotoxico blog

Hoje tenho a honra e a alegria de compartilhar um artigo de um grande amigo, Tarcisio Miguel Teixeira, publicado na conceituada Revista da USP (Revista de Direito Sanitário), e que trata de um importantíssimo tema referente às discussões de uso / restrição, ampliação / proibição, causas e consequencias dos agrotóxicos nos alimentos que consumimos.

Logo no resumo, vemos que o artigo analisa o problema atual da presença de agrotóxicos nos alimentos sob a vertente da falta de informação a respeito dos produtos aplicados nos alimentos para sua produção. Estabelece como pressuposto a relação diretamente proporcional entre saúde e alimentação saudável e o direito fundamental de ser informado sobre a qualidade dos alimentos. Conclui com hipóteses e discussão sobre as razões da falta dessa informação nos produtos alimentícios comercializados in natura.

Quem desejar saber mais sobre, acesse o artigo clicando em http://www.revistas.usp.br/rdisan/article/view/127782

Fonte da imagem: https://www.google.com.br/search?q=O+PROBLEMA+DOS+AGROT%C3%93XICOS+NOS+ALIMENTOS&rlz=1C1ASUT_pt-BRBR492BR492&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwioiazDrrvbAhVDD5AKHb52AHoQ_AUICigB&biw=1366&bih=637#imgrc=IxSXO8yQz8W2eM:

Anúncios

Importante evento: 8º MCSul / VIII SEMENGO

blog

O 8º MCSul – Conferência Sul em Modelagem Computacional, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional (PPGMC), e o VIII SEMENGO – Seminário e Workshop em Engenharia Oceânica, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Oceânica (PPGEO), serão realizados nos dias 22, 23 e 24 de outubro de 2018 na Universidade Federal do Rio Grande – FURG, na cidade de Rio Grande – Rio Grande do Sul – Brasil.

O MCSul, com periodicidade bianual, é um congresso de caráter multidisciplinar que reúne pesquisadores das áreas de Computação, Engenharia, Física, Matemática e suas diversas interfaces, através da Modelagem Computacional, envolvendo modelos, algoritmos, ferramentas e tecnologias computacionais para a solução e análise de sistemas complexos.

O SEMENGO, também com periodicidade bianual, é um congresso que reúne pesquisadores e profissionais das áreas de Engenharia Oceânica, Engenharia Civil Costeira e Portuária, Engenharia Mecânica Naval e Energias Renováveis, permitindo a troca de experiências científicas e técnicas.

O 8° MCSul / VIII SEMENGO terá cinco eixos temáticos principais: 1) Mecânica Computacional, 2) Modelagem de Fluidos Geofísicos, 3) Computação Científica e Modelagem Física, Matemática e Estatística, 4) Engenharia Costeira e 5) Engenharia Marítima.

Será aceita a submissão de artigos completos que serão apresentados em Sessões Técnicas. Além disso, Palestras Plenárias serão ministradas por conceituados pesquisadores nacionais e internacionais.

A Comissão Organizadora do 8° MCSul / VIII SEMENGO convida a todos para participarem deste evento conjunto que será um fórum interdisciplinar/multidisciplinar para alunos de graduação e pós-graduação, professores, pesquisadores e profissionais.

Maiores informações podem ser encontradas no sítio eletrônico do evento: https://mcsulsemengo2018.weebly.com/

XV CONGRESSO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO: EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA EM TEMPOS DE MUDANÇA

XV congresso

Acontecerá em RECIFE (PE), no Centro de Convenções de Pernambuco, de 20 A 22 DE SETEMBRO DE 2017, o XV CONGRESSO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO.

Para maiores informações, acessar: http://www.pe.senac.br/congresso/index.php

Dados mostram que próximo do final da segunda década do século XXI, a educação brasileira permanece com marcas do século passado. Nas últimas avaliações internacionais do PISA, dentre os 70 países envolvidos, obtivemos o 59º lugar em Leitura, 63º lugar em Ciências e, lamentavelmente, o 65º lugar em Matemática. Considerando os países avaliados da América do Sul, estivemos à frente apenas do Peru em Leitura e Ciências e abaixo de todos em Matemática.

O XV Congresso Internacional de Tecnologia na Educação vem reafirmar o  inconformismo com essa triste realidade, buscando através de educadores renomados do Brasil e do mundo, debater teorias e experiências educacionais inovadoras e aplicáveis, para que se possa iniciar uma nova era na educação.

Elegeu-se como tema central do XV Congresso “EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA EM TEMPOS DE MUDANÇA”. Pois deseja-se trilhar novos caminhos. Por isso, planejo-se um amplo leque de atividades: palestras, oficinas, Espaço do Conhecimento – pôsteres e Comunicação Oral, Salão de Empreendedorismo e o Prêmio Professor Lucilo Ávila.

Chamada para Admissão de Artigos – VI Conferência Internacional de Pesquisa sobre Economia Social e Solidária

image (1)
A chamada apresenta as atividades referente ao VI Conferência Internacional de Pesquisa sobre Economia Social e Solidária – CIRIECEconomia Social e Solidária, Sustentabilidade e Inovação: enfrentando os velhos e os novos problemas sociais“.
O edital conta com três categorias de participação:
a. Grupos de Trabalho;
b. Pôster;
c. Jovens Pesquisadores
Os Resumos e os Trabalhos Completos deverão ser enviados somente através de sistema eletrônico on-line.
a) Envio de Resumo – Prazo Final 31/08/2017
b) Divulgação dos Resumos aceitos: avaliação contínua finalizada até 01/10/2107
c) Envio de Trabalho Completo – 31/10/2017

II ENCONTRO DE SUSTENTABILIDADE URBANA – ABERTA SUBMISSÃO DE ARTIGOS

ensur

Temos a satisfação de convidá-los para participar do “II Encontro de Sustentabilidade Urbana: As cidades como espaço de Qualidade de Vida” (II ENSUR), promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Indicadores de Sustentabilidade (GEPIS) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Informamos que o prazo para submissão de artigos científicos encerrará no dia 25 de outubro de 2016.

Os 10 melhores artigos serão publicados em e-book com ISBN.

Para obter mais informações, acesse o Site: www.ensur.org.

Instagram: @ensur.org.cg

Profa. Dra. Maria de Fátima Martins (GEPIS/UFCG)

Coordenação Geral

VI Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção

Tema do CONBREPRO 2016 

“Engenharia de Desenvolvimento de Produto”

Submissão de Artigos: 11/06 a 19/09/2016 para Sessões Temáticas e Iniciação Científica.

conbrepro

(Não haverá a cobrança da taxa de submissão de artigos, o envio é gratuito).

O evento acontecerá na cidade de Ponta Grossa (Paraná), dias 30 de novembro a 02 de dezembro de 2016, na UTFPR-PG – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Ponta Grossa.

ÁREAS TEMÁTICAS

1. INICIAÇÃO CIENTÍFICA

2. ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO

2.1. Gestão de Sistemas de Produção e Operações

2.2. Planejamento, Programação e Controle da Produção

2.3. Gestão da Manutenção

2.4. Projeto de Fábrica e de Instalações Industriais: organização industrial, layout/arranjo físico

2.5. Processos Produtivos Discretos e Contínuos: procedimentos, métodos e sequências

2.6. Engenharia de Métodos

3. LOGÍSTICA

3.1. Gestão da Cadeia de Suprimentos

3.2. Gestão de Estoques

3.3. Projeto e Análise de Sistemas Logísticos

3.4. Logística Empresarial

3.5. Transporte e Distribuição Física

3.6. Logística Reversa

4. PESQUISA OPERACIONAL

4.1. Modelagem, Simulação e Otimização

4.2. Programação Matemática

4.3. Processos Decisórios

4.4. Processos Estocásticos

4.5. Teoria dos Jogos

4.6. Análise de Demanda

4.7. Inteligência Computacional

5. ENGENHARIA DA QUALIDADE

5.1. Gestão de Sistemas da Qualidade

5.2. Planejamento e Controle da Qualidade

5.3. Normalização, Auditoria e Certificação para a Qualidade

5.4. Organização Metrológica da Qualidade

5.5. Confiabilidade de Processos e Produtos

6. ENGENHARIA DO PRODUTO

6.1. Gestão do Desenvolvimento de Produto

6.2. Processo de Desenvolvimento do Produto

6.3. Planejamento e Projeto do Produto

7. ENGENHARIA ORGANIZACIONAL

7.1. Gestão Estratégica e Organizacional

7.2. Gestão de Projetos

7.3. Gestão do Desempenho Organizacional

7.4. Gestão da Informação

7.5. Redes de Empresas

7.6. Gestão da Inovação

7.7. Gestão da Tecnologia

7.8. Gestão do Conhecimento

8. ENGENHARIA ECONÔMICA

8.1. Gestão Econômica

8.2. Gestão de Custos

8.3. Gestão de Investimentos

8.4. Gestão de Riscos

9. ENGENHARIA DO TRABALHO

9.1. Projeto e Organização do Trabalho

9.2. Ergonomia

9.3. Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho

9.4. Gestão de Riscos de Acidentes do Trabalho

10. ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE

10.1. Gestão Ambiental

10.2. Sistemas de Gestão Ambiental e Certificação

10.3. Gestão de Recursos Naturais e Energéticos

10.4. Gestão de Efluentes e Resíduos Industriais

10.5. Produção mais Limpa e Ecoeficiência

10.6. Responsabilidade Social

10.7. Desenvolvimento Sustentável

11. EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

11.1. Estudo da Formação do Engenheiro de Produção

11.2. Estudo do Desenvolvimento e Aplicação da Pesquisa e da Extensão em Engenharia de Produção

11.3. Estudo da Ética e da Prática Profissional em Engenharia de Produção

11.4. Práticas Pedagógicas e Avaliação Processo de Ensino-Aprendizagem em Engenharia de Produção

11.5. Gestão e Avaliação de Sistemas Educacionais de Cursos de Engenharia de Produção

Informaçõeshttp://aprepro.org.br/conbrepro/2016

Comissão Executiva: Associação Paranaense de Engenharia de Produção

contato@aprepro.org.br

PROJETO SOBRE TRANSPARÊNCIA REPRESENTARÁ O IFPR EM SEMINÁRIO SOBRE EXTENSÃO

 
O projeto “Transparência Ativa e Dados Abertos: Fomento à participação ativa da sociedade”, do Campus de Ivaiporã do IFPR, será o representante da instituição no Seminário de Extensão Universitária da Região Sul – SEURS, que será realizado na cidade de Camboriú no Instituto Federal Catarinense entre os dias 03 a 05 de agosto.
 
Sob a coordenação dos servidores Técnico-Administrativos Giancarlo da Rocha Fernandes (Técnico em TIC), Paulo Sérgio Carnicelli (Assistente em Administração) e do estudante Matheus Henrique Estevam Alves (do curso de Agroecologia), o projeto iniciado em Outubro de 2015 tem como objetivo proporcionar aos alunos, servidores e comunidade a oportunidade de aprender sobre a importância do controle social das instituições públicas no que diz respeito à lei de acesso à informação, com intuito de incentivar o papel do cidadão como agente inibidor da corrupção. “Tínhamos implantado o rol mínimo de informações no site do Campus, mas eles são dados primários, que carecem de interpretação. Então iniciamos uma segunda etapa, que consiste em fomentar a participação social por meio de ações e palestras pois, sem esta, os dados abertos perdem um pouco de sua função”, diz Paulo Sérgio Carnicelli, um dos coordenadores da proposta.
 
Conforme orientações do IFC, as propostas de extensão deveriam passar por processo de seleção interna em cada Instituição de Ensino. No entanto, os coordenadores inscreveram a proposta diretamente no sistema de eventos do IFC. Para a surpresa deles, além de terem sido selecionados para participar do SEURS, verificaram que foram os únicos inscritos pelo IFPR, gerando, inclusive, surpresa entre os organizadores do Seminário, haja vista a dimensão que o IFPR tem no Estado do Paraná.
 
“Estamos trabalhando para representar da melhor maneira o IFPR no Seminário e, além de um grande aprendizado para nós, é uma oportunidade de manter o nome da instituição no cenário regional, bem como mostrar nossa visão de uma instituição transparente e melhor para todos”, concluem os coordenadores.
 
O projeto tem uma página no Facebook, para quem quiser contribuir com temas para postagens e interagir com as publicações. 
 
O SEURS
 
Seminário de Extensão Universitária da Região Sul – SEURS é o principal evento de extensão universitária do sul do país. Promove o intercâmbio entre as Instituições de Ensino, estimula discussões e trocas de experiências sobre as ações de Extensão que permeiam as relações entre as Instituições e a comunidade externa.